Estudos publicados recentemente apontam que o trabalho remoto faz parte da rotina de mais da metade da sociedade brasileira. Uma dessas sondagens é a Global Evolving Workforce, uma publicação mundial patrocinada pela Dell e Intel que colocou o Brasil entre um dos mais aderentes ao modelo. A pesquisa ainda indicou que, entre as pessoas que trabalham em casa, 45% dirigem menos, 52% passam mais tempo com a família, 33% dormem mais, 49% têm menos stress e 54% acreditam que o home office torna-as mais produtivas.

Todos esses benefícios do trabalho remoto não apagam os eventuais percalços que possam existir neste modelo de atuação. É preciso planejamento, foco e determinação para não se deixar levar por estímulos externos, como a cama, o animal de estimação, a Netflix ou um familiar, que podem acabar distraindo e minando a produtividade.

Não é simples, mas é preciso equilíbrio para conciliar a vida pessoal e a profissional dentro de casa.

Leia também: Saiba como conquistar vagas de trabalho remoto no mercado de desenvolvimento de software

Dicas para ter sucesso no trabalho remoto em home office

A comunidade da Impulso Network acredita, estimula e vivencia o trabalho remoto no dia a dia. Confira abaixo algumas práticas que seguimos e que podem dar certo para você (com as devidas adaptações para o seu estilo de vida):

1. Teste e crie rotinas específicas para você

Leva um tempo até criar o hábito em torno do trabalho remoto, especialmente se você passou muito tempo batendo ponto no escritório. Nesse sentido, é preciso identificar as rotinas que mais podem te proporcionar bem-estar. Para isso, não há outra opção se não testar modelos.

Para muita gente, trabalhar de manhã é o ideal. Já para outras, o período da noite é o que proporciona a melhor performance. De qualquer forma, é importante fixar horários de trabalho e de lazer ou descanso.

Também observe qual é o seu limite de horas por dia, que é quando a produtividade começa a cair. A partir desse ponto limítrofe, você passa a trabalhar mais, mas produzir menos. Isso faz com que sobre menos tempo para cuidar de você. Se as tarefas acumularem, não hesite em priorizá-las ou delegá-las. O importante é não se sobrecarregar.

2. Planeje as atividades com antecedência, incluindo o seu tempo livre

O trabalho remoto pode envolver liberdade para as pessoas fazerem os horários que quiserem, desde que cumpram com as suas obrigações. Se você não precisar ficar online em determinado período do dia, use isso a seu favor.

Uma maneira de ocupar bem o tempo sem a ansiedade bater consiste em planejar a execução das tarefas com antecedência. Teste organizar a semana no fim do domingo. Assim, você começa a segunda-feira sabendo o que deve priorizar e o trabalho tende a fluir melhor.

Nesse planejamento, inclua atividades que você gosta, lugares que te fazem bem e a companhia de pessoas queridas. Para nós e para boa parte das empresas alinhadas ao futuro do trabalho, isso é tão importante quanto a entrega de um produto ao final de uma sprint.

3. Monte um escritório confortável

Você não precisa de um cômodo extra em casa para trabalhar remoto. Basta que construa um cantinho minimamente confortável, onde possa se concentrar. Escolha um lugar onde a circulação de pessoas seja menor, por exemplo, desde que o sinal de internet seja bom.

Invista, se possível, em uma mesa, uma cadeira, um ou mais monitores, fones de ouvido e iluminação. Deixe uma garrafinha de água sempre por perto. Lugares próximos à janela também podem proporcionar um trabalho remoto de qualidade.

Leia também: 6 passos para trabalhar de casa e tornar-se empresário(a) de si mesmo(a) em TI

4. Converse com as pessoas com quem divide a casa

Nem todo mundo entende o conceito de trabalho remoto. Para alguns familiares, estar em casa é sinônimo de estar descansando ou ter tempo livre para todos os outros tipos de atividades, principalmente não remuneradas.

Portanto, é importante explicar para as pessoas com quem convive que você não deve ser interrompido ou interrompida a todo instante. Tampouco pode ir ao supermercado comprar os ingredientes para o jantar.

Peça a elas que respeitem o seu horário de trabalho. Por outro lado, crie e sinalize os intervalos, quando pode interagir com quem está em casa e balancear vida profissional e pessoal no ambiente doméstico.

5. Não pule refeições

O trabalho remoto quando feito a partir de casa envolve, quase sempre, cozinhar as próprias refeições. A menos que haja um restaurante próximo com menu acessível, o que você pode considerar em determinados momentos. O que você não deve fazer de jeito nenhum é deixar de se alimentar por preguiça ou falta de tempo.

Isso porque dispersão e lentidão são causadas por longos períodos de jejum. Então, trate de planejar também o café da manhã e o almoço, principalmente. Priorize alimentos leves, saudáveis e frescos, como uma salada, que é rápida de fazer e nutritiva, além de frutas para os intervalos.

6. Experimente trabalhar de um café ou coworking uma vez na semana

Variar o local de trabalho pode ser uma recomendação de ouro para não enjoar do trabalho remoto em casa. Já pensou em testar um coworking ou uma cafeteria que tenha uma boa infraestrutura (leia-se internet de qualidade) na sua cidade?

Impulsers têm uma série de benefícios, dentre eles o desconto para frequentar escritórios compartilhados, que costumam ser bons para fazer networking. No nosso chat, você pode encontrar pessoas que também trabalham remotamente e que estão perto de você. Que tal combinar um dia de trabalho juntos?

Leia também: Como manter o networking aquecido em um trabalho em home office

7. Cuide de seu sono

Não é porque você trabalha de casa que deve passar o dia e a noite dando check nas tarefas. Atente para a qualidade do seu sono, que tem um impacto direto em saúde, bem-estar e produtividade.

Aproveite, inclusive, que não precisa enfrentar o trânsito para dormir uns minutos a mais, praticar uma atividade física ou até meditar antes de ligar o computador. Você pode sentir os efeitos dessas práticas na concentração, que é tão importante no dia a dia do trabalho à distância.

Fazer tudo isso para ter um trabalho remoto de qualidade é desafiador, mas vale a pena tentar. Assim, os benefícios do modelo podem ser percebidos mais facilmente.

Qual é a sua estratégia de equilíbrio no dia a dia? Escreva nos comentários ou converse na comunidade da Impulso Network com quem também está passando por isso.