Muitas mudanças chegaram no mercado nos últimos anos. Uma maior conscientização sobre equidade trouxe necessidade de avaliar formas inclusivas de trazer as mulheres para os mais diferentes ambientes.

Na área de tecnologia, que sempre foi predominantemente masculina, esse tipo de ação ainda é bastante necessária. Para isso, é fundamental ter ciência do atual cenário das mulheres na TI. Além disso, é importante se inspirar em grandes nomes da área. Quer saber mais sobre isso? Vamos juntos neste artigo. Boa leitura!

O aumento da presença feminina em TI

mulheres na TI

As mulheres na TI têm encontrado um cenário cada vez mais favorável para elas. Isso vem muito, principalmente, com medidas de inclusão cada vez mais realizadas no setor de tecnologia.

Alguns dados importantes que evidenciam o crescimento da presença de mulheres na TI são:

  • Pesquisa Revelo mostra que, em 2020, as mulheres ocupavam 12% das vagas na carreira de tecnologia. Ainda que seja um número pequeno, é um aumento considerável, comparado com o 10,9% em 2017;
  • Segundo o CAGED, entre 2014 e 2019, a participação feminina na área de tecnológica cresceu 60%, passando de 27,9 mil para 44,5 mil profissionais mulheres nesses postos de trabalho;
  • Segundo o Ipea, espera-se que em 10 anos, a participação das mulheres na área de tecnologia deve superar a dos homens. Ainda que, atualmente, estejamos distantes para alcançar esse patamar em uma década.

Apesar desses avanços, é fundamental que continuemos incentivando medidas inclusivas. Assim, podemos diminuir esse tempo para maior equilíbrio nas condições para os gêneros. E, portanto, possamos ter um cenário mais favorável para todas as mulheres na TI.

Nomes inspiradores de mulheres na TI

mulheres na TI

Desta forma, para que você, mulher da área de TI, se inspire e mantenha-se motivada nesse cenário, conheça grandes profissionais que têm feito a diferença. Elas são pessoas incríveis para que possam se inspirar. Acompanhe a seguir!

1. Ada Lovelace

mulheres na TI

Ada Lovelace é um dos nomes mais simbólicos da presença das mulheres na TI. Afinal, ela foi responsável pela criação do primeiro algoritmo, que foi utilizado por uma calculadora (Máquina Analítica). Desta forma, é considerada a primeira programadora do mundo.

2. Timnit Gebru

mulheres na TI

A Dra. Timnit Gebru, especialista em inteligência artificial, é um dos grandes nomes sobre Inteligência Artificial Ética. Essa é uma área que tem crescido exponencialmente. Além do seu talento, ela ganhou notoriedade, contudo, pelo fato de que ela discutia a necessidade de maior contratação de mulheres na Google e, por isso, foi demitida.

Além de ser uma das maiores especialistas na área, ela lutou por maior igualdade e inclusão de mulheres na área. Assim, posicionamentos ativos são essenciais para garantir maiores chances para nós, mulheres.

3. Nina Silva

mulheres na TI

Referências próximas também são importantes, não é mesmo? Nina Silva é brasileira, esteve presente na Forbes Women 2019 com uma carreira brilhante em TI. É, atualmente, CEO do Movimento Black Money, no qual visa auxiliar no empoderamento de mulheres negras periféricas.

4. Susan Wojcicki

mulheres na TI

Susan é, atualmente, a diretora executiva do YouTube, a plataforma de vídeos mais utilizada no mundo. Foi, também, a primeira gerente de Marketing do Google, em 1999. Ela cresceu junto com a empresa e, rapidamente, tornou-se vice-presidente sênior de propaganda e comércio. Trabalhou nos primeiros Google Doodles e foi a responsável para propor ao conselho da player para a aquisição do YouTube, tornando-o a plataforma gigante que é hoje.

5. “Ginni” Rometty

“Ginny” foi Chairwoman e CEO da IBM entre 2012 e 2020 (saindo para sua aposentadoria), uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. Foi a primeira mulher a ser líder da companhia. A revista Bloomberg Markets a nomeou como uma das 50 pessoas mais influentes do mundo em 2012, bem como esteve no 15º lugar entre as “100 mulheres mais poderosas do mundo” pela Forbes.

6. Ursula Burns

Ursula Burns é a CEO da Xerox e foi um marco, por ser a primeira mulher CEO afro-americana a chefiar uma das 500 maiores empresas do mundo. Assumiu o cargo em maio de 2010, depois de trabalhar na empresa desde o estágio de verão, em 1980. Ela também foi vice-presidente do Conselho de Exportação no governo de Barack Obama.

7. Safra Catz

Safra Catz é a CEO da Oracle Corporation. Também atuou como banqueira e executiva de tecnologia. A Fortune a colocou como uma das 12 mulheres mais poderosas no mundo dos negócios em 2009, feito repetido, também, na classificação da Forbes para as 16 mulheres mais poderosas do mundo, no mesmo ano.

Os principais desafios das mulheres na TI

mulheres na TI

Enfim, o cenário é favorável sim, mas há uma série de desafios que precisam ser encarados pelas mulheres nessa área. Estar ciente disso permite que possamos nos preparar para superá-los. Conheça os principais a seguir:

  • Ainda é uma área predominantemente masculina, principalmente, em cargos elevados. Assim, atritos, desconfortos e atos machistas ainda são muito comuns. Mas as empresas têm implementado medidas combativas a essas questões;
  • Preconceito nos processos seletivos, que ainda veem com um viés estigmatizado a presença das mulheres na TI;
  • A desigualdade de salários entre homens e mulheres ainda existe. Isso ocorre ainda mais em cargos de chefia.

Precisamos ainda avançar para criar espaços seguros para as mulheres. E você, que quer atuar nessa área, lute pelos seus espaços! Uma forma disso é buscando plataformas para profissionais de TI que incentivem a contratação e o crescimento profissional de todas as pessoas da área de tecnologia.

Show CommentsClose Comments

Deixe seu comentário