*Artigo publicado originalmente no Linkedin

Procrastinar. Esse é um péssimo hábito nutrido pela maioria das pessoas.

É comum a gente querer resolver as coisas que mais temos facilidade primeiro e empurrar as demais, que julgamos difíceis, até o limite do prazo. E, no home office, se não criarmos mecanismos para driblar isso, as coisas complicam para toda a equipe.

Mesmo tendo o nosso office, trabalhamos daqui, apenas, uma vez ou outra. Eu acho que sou o que mais venho! A maioria trabalha quase que 100% remotamente.

Suamos muito até conseguirmos deixar o processo funcionando redondinho aqui na Impulso.

Vou dividir com vocês algumas lições e dicas do que aprendemos durante o processo. Espero que ajude!

Pode parecer óbvio, mas não é!

A primeira coisa é ter sempre em mente as tarefas que precisam ser cumpridas e os prazos.

Dividi-las em ordem de prioridade é o mais recomendado. Não preciso nem dizer que assim fica mais fácil de gerenciar o tempo né?

Mesmo com tudo no radar, ainda vale fazer um checklist antes de começar seu dia de trabalho. Quando você entende que vai fazer tal coisa pela manhã e outra depois do almoço, você não precisa mais decidir sobre isso. Só precisa focar em cumprir tudo!

Falando em organização, aqui também inclui arrumar a zona em cima da mesa e sua tela de computador, beleza?

Em seguida, vale descobrir um método que funcione para você. Eu sou bastante fã do Pomodoro que, explicando brevemente, divide o tempo em períodos de 25 minutos com pequenas pausas de 5.

Sabe aquele exagero de notificação de aplicativos que ficam aparecendo na tela do telefone? Desativa isso tudo, cara! Toda vez que um push aparece, você se distrai fica mais difícil voltar para o estado de flow... Existem uns bloqueadores que te ajudam nisso, pesquisa aí!

Um problema pra quem trabalha em casa são as outras pessoas que ali vivem e não entendem muito bem quando você está concentrado. Que tal fechar a porta, pendurar alguma placa ou deixar em cima da mesa pra que entendam quando você está focado?

Testa tudo isso e me conta!