Obter uma certificação Microsoft pode incrementar o seu currículo, tornando-o ainda mais atrativo no mercado. Esta, ainda, carrega o peso de ser emitida por uma das maiores players de tecnologia do mercado!

Por isso, a qualificação sobre seus produtos e serviços é fundamental para conseguir uma boa oportunidade de trabalho no mercado. Especialmente em um contexto no qual suas soluções e plataformas (como Office 365 e Azure) são cada vez mais utilizadas em projetos. Assim, a qualificação é fundamental para não perder oportunidades.

Portanto, confira quais são as três das principais Certificações Microsoft — assim como para quais áreas de TI elas são destinadas, e como obtê-las!

Trilhas de certificações

Antes de passarmos às certificações, é interessante mencionar que a Microsoft trabalha com o conceito de “trilha de certificações”. Basicamente, isso funciona como um “caminho” que as pessoas podem percorrer ao estudar e realizar exames, para conseguir certificações de nível iniciante até chegar às mais avançadas.

Dito isso, saiba mais sobre algumas das principais certificações de nível avançado ou expert, baseadas em suas funções!

3 das principais certificações Microsoft

Certificação Microsoft

1. Microsoft Certified: Power Platform App Maker Associate | nível intermediário

O Microsoft Certified: Power Platform App Maker Associate é voltado para pessoas desenvolvedoras de aplicativos, do nível intermediário de senioridade. Normalmente, eles são especializados em atividades fundamentais de analistas de negócios técnicos.

❕Por exemplo, design básico de User Experience (UX), modelagem de dados, análise de requisitos etc. Trabalham na simplificação e modificação de processos e tarefas para o seu time. 

O certificado pode ser obtido por pessoas desenvolvedoras de apps que utilizam ferramentas do criador da Power Platform, a fim de resolver problemas de negócios. Nesse caso, é preciso ter experiência com tabelas dinâmicas do Excel, Visual Basic for Applications, Teams etc.

Também é necessário conhecer um pouco de interface do usuário e processos, bem como modelos de dados. O perfil de quem busca o certificado é o do profissional ciente das limitações e funcionalidades das ferramentas disponíveis, além de saber como empregá-las na prática.

Para ganhar essa certificação, é preciso fazer o Exame PL-100: Microsoft Power Platform App Maker. A prova avaliará as habilidades em criar, implementar e gerir soluções, além da capacidade de analisar e visualizar dados, bem como soluções de design.

2. Microsoft Certified: Azure Solutions Architect Expert | nível avançado

Para conseguir o Microsoft Certified: Azure Solutions Architect Expert, será necessário contar com experiência em design e em implementação de soluções que rodam no Microsoft Azure. Nesse escopo, inclui-se aspectos como rede, computação, segurança e armazenamento.

Além disso, é necessário apresentar competências de nível intermediário para gerir o Microsoft Azure e entender o seu desenvolvimento. Também requer entendimento sobre processos de DevOps e ter conhecimentos avançados em operações de Tecnologia da Informação (TI), o que inclui:

  • segurança;
  • virtualização;
  • identidade;
  • redes;
  • continuidade de negócios;
  • recuperação de desastres;
  • gerenciamento de dados;
  • orçamento e governança;
  • administração do Azure (habilidades de nível de especialista).

❕Assim, para conseguir essa certificação, você precisará fazer dois exames: Microsoft Azure Architect Technologies e Microsoft Azure Architect Design.

3. Microsoft 365 Certified: Enterprise Administrator Expert | nível avançado

Já o Microsoft 365 Certified: Enterprise Administrator Expert é voltado para pessoas que atuam como administradoras do Microsoft 365 Enterprise.

Normalmente, essas pessoas planejam, analisam e implementam serviços do Microsoft 365. Também migram e gerenciam essas soluções quando necessário. Sendo assim, algumas habilidades são avaliadas para obter a certificação, como a capacidade de gestão de identidade e de funções de usuários.

➕ O processo também avalia o planejamento de cargas de trabalho e apps do Office 365, o gerenciamento de acesso e autenticação, a implementação de segurança e gestão de ameaças do Microsoft 365, etc. Inclusive, eles também avaliam a habilidade em gerir a conformidade e a governança dessa solução.

Para conseguir a certificação, você precisa completar um pré-requisito, que consiste em obter uma das seguintes certificações:

  • Microsoft 365 Certified: Modern Desktop Administrator Associate;
  • Microsoft 365 Certified: Security Administrator Associate;
  • Microsoft 365 Certified: Messaging Administrator Associate;
  • Microsoft 365 Certified: Teams Administrator Associate;
  • Microsoft Certified: Identity and Access Administrator Associate.

❕Além disso, é preciso fazer dois exames: o Microsoft 365 Identity and Services e o Microsoft 365 Mobility and Security.

A importância de estudar para as certificações

Vale destacar que o conteúdo estudado para obter uma ou mais certificações ajuda quem deseja relembrar conceitos importantes da área de TI. Inclusive, permite aprender novos temas e habilidades fundamentais, que podem ser um diferencial para o seu trabalho!

Isso é um dos motivos que tornam uma qualificação dessas importante. Além do mais, elas podem ser úteis para o desenvolvimento de hard skills. Desta forma, elas contribuem para que a pessoa possa se posicionar no mercado com diferenciais em seu currículo.

Por falar nisso, aproveite agora para descobrir o que esperar do futuro do trabalho e qual o impacto do que está por vir nas pessoas e organizações! 🚀