Um dos principais impactos da transformação digital nos ambientes corporativos é a criação de diversas oportunidades para os profissionais da área de TI. Assim, os Bootcamps são mecanismos de aprendizagem que permitem abrir novos horizontes para pessoas desenvolvedoras — ou pessoas interessadas nesse campo de atuação — a conhecerem as novidades e preencher as lacunas profissionais para executar as novas ferramentas e soluções do mercado. 

O maior desafio desse setor são as rápidas mudanças. Nesse sentido, a volatilidade proporcionada pelas constantes mudanças geradas a partir de novas tecnologias, é fundamental que pessoas programadoras busquem se atualizar sobre as tendências implementadas em seu campo de atuação.

Mas afinal, o que é realmente um bootcamp e por que é tão importante participar? Neste artigo, você vai entender tudo sobre o assunto além de descobrir as principais vantagens de estar presente nesses eventos. Boa leitura!

O que é um bootcamp de programação?

Basicamente, bootcamps são cursos imersivos na área de programação. O objetivo, portanto, é colocar os profissionais e interessados da área em condições de desenvolvimento prático de suas habilidades.

Essa modalidade de ensino vem conquistando mais espaço justamente por criar oportunidades rápidas e eliminar as chances de defasagem de profissionais, principalmente, na área de desenvolvimento web. 

Seja para qualificar as pessoas desenvolvedoras que já atuam ou até mesmo criar oportunidades para pessoas que não são da área. Sendo assim, o sucesso do formato de aprendizagem está ligado à intensa união de teorias e práticas que são realizadas de forma mais aprofundada, em um curto período de tempo.

Entretanto, vale ressaltar que não é apenas isso. O método utilizado trabalha com dinâmicas imersivas e, principalmente, extremamente produtivas!

Quais são as vantagens de participar de um bootcamp de programação?

Como dito anteriormente, a metodologia de ensino é uma imersão em novas habilidades. Todavia, para cada interessado em participar, há diversas vantagens que podem ser identificadas na sua participação do curso.

Dessa forma, confira algumas dessas principais vantagens.

Aprendizagem acelerada

Este é, sem sombra de dúvidas, um dos principais incentivos para participar de um bootcamp de programação. A propósito, o maior conceito do curso é o tempo. 

Durante o curso, os participantes participam de aulas ministradas por profissionais especialistas e de grande renome no assunto. E além de conhecer as teorias, ganham a oportunidade de conhecer mais sobre o trabalho do palestrante e aprender na prática o que foi ministrado.

Em resumo, os bootcamps duram em torno de algumas semanas, apesar de isso não ser uma regra e existirem algumas variações. 

Sendo assim, podemos encontrar cursos full-time, ou seja, períodos integrais que duram até 9 semanas, e part-time, que são realizados em meio período e podem chegar a 24 semanas.

Networking

Outro grande fator para incentivar a participação de uma pessoa Dev em um bootcamp de programação é a oportunidade de gerar novos relacionamentos profissionais. Seja por conhecer professores que são grandes nomes no mercado sobre o assunto ou colegas do curso que estarão em breve no mercado.

Como resultado, geramos uma grande teia de networking, que possibilita criar parcerias de trabalho, abertura de empresa ou adentrar em um novo mercado.

Mudança de carreira

É muito comum encontrar pessoas no mercado com a sensação de que precisam buscar uma nova carreira. Entretanto, os cursos tradicionais, além de muitas vezes serem longos, também tornam obsoleto rapidamente o que foi estudado na universidade. Esses são dois grandes fatores para travar a mudança de carreira.

Dessa forma, essa metodologia se resume em cursos rápidos, que eliminam a lacuna de tempo e possibilitam que esses profissionais mudem totalmente de mercado e conheçam novas oportunidades de atuação.

Em conclusão, os bootcamps de programação são grandes tendências que acompanham as rápidas mudanças das organizações. No entanto, isso não significa que necessariamente substituam os métodos tradicionais de ensino. 

Mas para quem tem desejo de conhecer novas formas de aprendizagem, vale a pena conferir! 😉